JPMorgan interromperá empréstimos estudantis

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 14:37 BRT
 

NOVA YORK, 5 Set (Reuters) - O JPMorgan Chase & Co irá interromper os empréstimos estudantis, de acordo com um documento ao qual a Reuters teve acesso nesta quinta-feira, depois de o maior banco dos Estados Unidos concluir que a competição com os programas do governo federal limitavam sua capacidade de crescer nesse negócio.

A instituição financeira deixará de aceitar novos pedidos de empréstimos estudantis em 12 de outubro, fim do período de alta de pedidos de crédito para o ano letivo, de acordo com um comunicado da instituição enviado a universidades.

"Não vemos esse nicho como um mercado em que possamos crescer significativamente", disse a diretora-executiva para crédito de automóveis e financiamentos estudantis do JPMorgan, Thasunda Duckett.

A interrupção desses empréstimos "nos permite reposicionar esses recursos, assim como focar em nossa prioridade número um, que é fortalecer o ambiente de controle regulatório", disse.

A decisão ocorre depois da decisão da instituição no ano passado de conceder empréstimos estudantis apenas para pessoas que já fossem clientes do JPMorgan.

O banco de varejo tem mais de 64 milhões de clientes e 5.657 agências bancárias. No ano passado, o JPMorgan realizou empréstimos estudantis para apenas 12,5 mil pessoas em um total de cerca de 200 milhões de dólares.

(Reportagem de David Henry)