Projetos eólicos lideram cadastro para leilão de venda de energia elétrica A-3

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 15:56 BRT
 

SÃO PAULO, 5 Set (Reuters) - O leilão de venda de energia elétrica A-3, previsto para ocorrer em 18 de novembro, tem 784 projetos de geração de energia cadastrados, a maior parte de parques eólicos, com capacidade instalada total de 19.413 megawatts (MW), informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) nesta quinta-feira.

Do total dos projetos cadastrados no leilão de energia a ser entregue a partir de 2016, 629 são de usinas eólicas, com um total de 15.042 MW.

A energia solar, que poderá participar pela primeira vez de um leilão de energia do governo, cadastrou 109 projetos de fotovoltaica, no total de 2.729 MW, e 10 projetos de heliotérmica, no total de 290 MW.

"Com a queda que vem se verificando nos preços dos painéis fotovoltaicos, a geração solar tende a ganhar espaço na matriz elétrica brasileira", disse o presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, em nota.

Além disso, duas térmicas a gás natural no total de 469 MW se cadastraram para participar do leilão, além de 15 usinas a biomassa (504 MW), duas térmicas a biogás (39 MW), 16 pequenas centrais hidrelétricas (295 MW) e uma hidrelétrica de 45 MW.

Os projetos cadastrados para o leilão ainda têm que passar pela fase de habilitação para poderem participar da competição.

Os projetos cadastrados estão localizados nos Estados de Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grade do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo.

(Por Anna Flávia Rochas)