Espionagem não afeta leilão porque empresas ainda formulam lances, diz ANP

segunda-feira, 9 de setembro de 2013 18:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 9 Set (Reuters) - As petroleiras que pretendem participar do primeiro leilão do pré-sal ainda estão formulando seus lances para ficar com a gigante área de Libra, afirmou à Reuters a diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard, ao descartar que uma possível espionagem na Petrobras pelo governo norte-americano seja um obstáculo ao certame.

(Reportagem de Sabrina Lorenzi)