Embraer vê demanda por 805 jatos executivos na China em 10 anos

terça-feira, 10 de setembro de 2013 10:17 BRT
 

SÃO PAULO, 10 Set (Reuters) - A fabricante brasileira de aviões Embraer informou nesta terça-feira que espera que o mercado de aviação executiva da China tenha uma demanda total para 805 jatos nos próximos 10 anos, informou a companhia em comunicado.

Desse total, 51 por cento seriam jatos executivos de grande porte, que representariam 78 por cento do valor total das entregas.

Segundo a Embraer, a previsão "favorável ... É baseada em estudos extensivos do cenário econômico do país".

"Além disso, o ambiente econômico requer o desenvolvimento da aviação executiva para poder atender à demanda para viagens diretas de negócios e de lazer, que vai além das limitações de destino e programação das empresas aéreas", informou a fabricante em comunicado.

A Embraer entregou o primeiro avião executivo na região em 2004, de acordo com a empresa, e já recebeu pedidos para 38 aeronaves.

A China tem sido destaque no setor de aviação, com as grandes fabricantes esperando fortes encomendas nos próximos anos. Na semana passada a gigante norte-americana Boeing disse esperar que a China precise de mais de 5.500 aviões nos próximos 20 anos.

(Por Roberta Vilas Boas)