Microsoft sofre pressão para escolher Mulally ou Lawrie como CEO

terça-feira, 10 de setembro de 2013 11:38 BRT
 

Por Nadia Damouni

10 Set (Reuters) - Pelo menos três dos 20 maiores investidores na Microsoft querem que um especialista em recuperações suceda Steve Ballmer como presidente-executivo, e pediram ao conselho da gigante de tecnologia que considere o presidente-executivo da Ford, Alan Mulally, ou o presidente-executivo da Computer Sciences, Mike Lawrie, para o cargo, disseram diversas fontes familiares com o assunto.

O comitê especial do conselho, que está conduzindo a busca por um CEO, e seus assessores têm se reunido com acionistas após a surpreendente decisão de Ballmer no mês passado de se aposentar em um ano, disseram as fontes. A empresa pode nomear um presidente-executivo antes do fim deste ano, acrescentaram as fontes.

Em uma dessas reuniões, a Microsoft disse que iniciou a busca com uma lista de cerca de 40 pessoas, incluindo candidatos internos e externos, e tem reduzido o escopo, disse uma das fontes.

Não ficou claro se o conselho Microsoft já abordou algum candidato sugerido pelos investidores ou se estava considerando algum deles. Os nomes de outros candidatos não puderam ser conhecidos.

A Microsoft não quis comentar na segunda-feira. Lawrie e Mulally não puderam ser encontrados. Mas na semana passada, Mulally disse à Reuters que ele estava "absolutamente focado em servir a Ford".

A busca por um novo presidente-executivo da maior fabricante de softwares do mundo é um dos desenvolvimentos mais assistidos no setor de tecnologia neste ano.

A Microsoft permanece altamente lucrativa, mas enfrenta dificuldades em avançar no negócio de dispositivo móvel contra rivais como a Apple e Google.

Em julho, a empresa revelou uma reorganização profunda para se transformar em uma líder em "dispositivos e serviços", mas até agora não convenceu os investidores de que sua estratégia irá funcionar. Em um sinal de que os investidores já haviam perdido a confiança em Ballmer, as ações da Microsoft subiram 7 por cento após a notícia de sua planejada aposentadoria.   Continuação...

 
Presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, fala durante coletiva de imprensa na sede da Nokia, em Espoo, na Finlândia. Pelo menos três dos 20 maiores investidores na Microsoft querem que um especialista em recuperações suceda Steve Ballmer como presidente-executivo, e pediram ao conselho da gigante de tecnologia que considere o presidente-executivo da Ford, Alan Mulally, ou o presidente-executivo da Computer Sciences, Mike Lawrie, para o cargo, disseram diversas fontes familiares com o assunto. 3/09/2013. REUTERS/Markku Ulander/Lehtikuva