Contrato de "put" da OGX revela que diretoria pode cobrar US$1 bi de Eike

terça-feira, 10 de setembro de 2013 10:26 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 10 Set (Reuters) - A OGX divulgou nesta terça-feira o contrato de "put" com o controlador Eike Batista mostrando que as condições para exercício da opção contra o empresário para que ele injete 1 bilhão de dólares na petroleira podem ser determinadas pela diretoria da companhia na ausência de conselheiros independentes.

(Reportagem de Sabrina Lorenzi e Gustavo Bonato)