Adesão ao primeiro leilão de opções de café deve ser moderada--Cepea

terça-feira, 10 de setembro de 2013 16:58 BRT
 

SÃO PAULO, 10 Set (Reuters) - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizará na sexta-feira o primeiro leilão de contratos de opções de venda de café, mas a participação de produtores e cooperativas ainda deve ser moderada, avaliou o Cepea nesta terça-feira.

Segundo agentes do setor, o fato de serem contemplados apenas grãos de qualidade elevada pode limitar a adesão ao leilão, acrescentou o instituto.

Notícias veiculadas pela mídia comentam que cafés inferiores poderiam ser entregues ao governo, mas com um deságio no valor de referência. Porém, segundo informações obtidas pelo Cepea, como isso não está descrito na portaria nem no edital, pode não ser praticado, pelo menos neste primeiro leilão.

O leilão de sexta-feira contemplará 1 milhão de sacas de 60 kg, de um total de três milhões de sacas que serão beneficiadas pela medida. A data de confirmação de entrega da primeira operação será no final de março de 2014, com valor de referência de 343 reais por saca.

Em relação às negociações do café arábica no mercado físico brasileiro, estas seguem lentas e os preços, em queda. O principal fator que limitou o avanço no Brasil foi a forte valorização do real frente ao dólar nos últimos dias, disse o Cepea.

Na segunda-feira, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a 279,41 reais por saca de 60 kg, baixa de 1,6 por cento em relação à segunda anterior.

(Por Laiz de Souza)