Cargill escolhe novo CEO para assumir em 1 de dezembro

quarta-feira, 11 de setembro de 2013 14:12 BRT
 

CHICAGO, 11 Set (Reuters) - A Cargill Inc , gigante norte-americana do agronegócio, informou nesta quarta-feira que seu presidente-executivo vai deixar o posto em 1 de dezembro, após seis anos no cargo.

O presidente-executivo Gregory Page, de 62 anos, vai ser substituído pelo presidente e chefe de operações da Cargill, David MacLennan, em um remanejamento que representa "o resultado do contínuo planejamento de sucessões da empresa com o conselho", segundo um comunicado.

Com sede em Minneapolis, a Cargill é uma das maiores empresas privadas do mundo e uma importante trader de commodities. A empresa relatou um lucro de 2,31 bilhões de dólares no ano fiscal terminado em 31 de maio, ante 1,17 bilhão de dólares há um ano.

A Cargill, maior exportadora de grãos dos EUA, está entre as quatro empresas denominadas "ABCD", que dominam o fluxo de bens agrícolas em todo o mundo. As outras são Archer Daniels Midland Co, Bunge Ltd e Louis Dreyfus Corp .

MacLennan, de 54 anos, juntou-se à Cargill em 1991 e trabalhou nos negócios de finanças, gestão de risco, energia e proteína animal nos Estados Unidos, Londres e Genebra. Tornou-se presidente e chefe de operações em 2011.

Page, que trabalhou para a Cargill por 39 anos, será o presidente do conselho da empresa. Nesse papel, ele vai "continuar a liderar o conselho e representar a empresa em uma variedade de interações e fóruns públicos com clientes, políticos e outros...".

(Reportagem de Tom Polansek)