Lockheed Martin busca aquisições na Grã-Bretanha e Austrália

quinta-feira, 12 de setembro de 2013 10:59 BRT
 

LONDRES, 12 Set (Reuters) - A empresa norte-americana de produtos de defesa Lockheed Martin busca fazer mais aquisições de tecnologia na Grã-Bretanha e Austrália, depois de comprar a empresa britânica de tecnologia Amor Group.

A divisão de tecnologia da informação da Lockheed anunciou o acordo com a Amor com fim da quarta-feira e disse que há mais por vir. A divisão de TI da Lockheed é uma das maiores participantes do mercado nos Estados Unidos, onde fornece serviços para as Forças Armadas e serviços de inteligência.

"É global: as pessoas estão vendo suas propriedades intelectuais saindo pela porta e estão procurando maneiras de prevenir (esse movimento)", disse a vice-presidente-executiva da unidade de Sistemas de Informação e Soluções Globais da Lockheed, Sondra Barbour.

"Nosso foco é construir capacidade aqui no país", disse ela à Reuters nos bastidores de uma conferência de defesa, em Londres. "Se quisermos ser bem-sucedidos no Reino Unido e na Austrália, seria de se esperar que fizéssemos uma aquisição ou duas, que estamos ativamente perseguindo."

A divisão de TI da Lockheed, que atualmente responde por cerca de cinco por cento da sua receita anual de 8 bilhões de dólares com operações no exterior, tem tradicionalmente apoiado o seu trabalho internacional a partir dos EUA.

(Por Brenda Goh)