Dólar sobe 0,33% ante real, mas tem 2ª queda semanal seguida

sexta-feira, 13 de setembro de 2013 17:12 BRT
 

SÃO PAULO, 13 Set (Reuters) - O dólar fechou a sexta-feira em alta ante o real mas teve sua segunda queda semanal consecutiva, com investidores adotando uma postura cautelosa antes da reunião de política monetária do Federal Reserve na semana que vem.

A moeda norte-americana avançou 0,33 por cento, para 2,2819 reais na venda. Na semana, a divisa acumulou queda de 0,97 por cento e de 4,33 por cento no mês. O volume ficou em 1,2 bilhão de dólares, segundo dados da BM&F.

"O dólar até chegou a esboçar alguns movimentos durante o dia, após as notícias sobre as vendas no varejo nos EUA. Mas, como todo mundo está esperando a reunião do Fed na semana que vem, logo o pessoal voltou a comprar um pouco", disse o economista-chefe do Espírito Santo Investment Bank, Jankiel Santos.

A divisa dos Estados Unidos abriu em alta, acompanhando o movimento em relação a diversas moedas estrangeiras, após o jornal japonês Nikkei noticiar que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai indicar o ex-secretário do Tesouro Lawrence Summers para chairman do Federal Reserve.

Depois passou a cair em resposta ao resultado abaixo das expectativas das vendas no varejo norte-americano, um sinal de que o crescimento da maior economia do mundo desacelerou no terceiro trimestre. O dado fez investidores perderem o apetite por dólares e buscar ativos de maior risco, como moedas de emergentes.

"Na hora das vendas no varejo, quem tinha posição em dólar se desfez dela, mas também sem muita vontade", disse um operador de banco brasileiro.

A divisa norte-americana está numa tendência de queda desde o início do mês. Tem contribuído para esse movimento o programa de intervenção diária do Banco Central, que já realizou 15 vendas de contratos de swap cambial tradicional e seis leilões de linha.

Nesta sexta, o BC aceitou oferta em leilão de até 1 bilhão de dólares com compromisso de recompra à taxa de 2,378225 reais em 2 de abril de 2014. Durante a tarde, a autoridade monetária anunciou para segunda-feira mais um leilão de swap cambial tradicional, ofertando 10 mil contratos com vencimento em 3 de fevereiro de 2014. O leilão ocorrerá entre 9h30 e 9h40 e o resultado sairá a partir das 9h50.

As intervenções têm feito investidores diminuírem as apostas de alta da moeda. Estrangeiros, por exemplo, reduziram sua posição líquida comprada em dólar em 725,5 milhões de dólares em uma semana, de acordo com a posição de quinta-feira, a última disponível pela BM&F.

(Reportagem de Bruno Federowski)