Lufthansa está perto de fazer pedido de aviões à Boeing e à Airbus, dizem fontes

sexta-feira, 13 de setembro de 2013 21:30 BRT
 

PARIS/FRANKFURT, 13 Set (Reuters) - A companhia aérea alemã Lufthansa está perto de realizar um pedido de dezenas de aviões de longo alcance à Airbus e à Boeing, disseram nesta sexta-feira duas fontes com conhecimento do assunto.

O pedido, que deve ser anunciado na semana que vem, ocorre após uma concorrência entre as fabricantes de aviões para 50 aeronaves destinadas a renovar a frota de longa distância da empresa.

Há expectativa de que o pedido inclua o primeiro compromisso público para comprar uma versão renovada do minijumbo 777 da Boeing, de 400 assentos e batizado de 777-9X, que a fabricante de aviões pretende lançar neste ano.

O avião 777-9X, equipado com novos motores e asas, deve começar a transportar passageiros no fim desta década.

A Lufthansa também deve fazer um pedido para 20 a 25 aviões menores Airbus A350-900. O modelo de 314 lugares deve começar a operar na segunda metade do ano que vem.

Um porta-voz da Lufthansa confirmou que a companhia estava em negociações.

"Estamos em intensas negociações com os fabricantes sobre pedidos de jatos de longa distância", disse o porta-voz.

"As negociações estão em andamento e nenhuma decisão foi tomada. Quando isso acontecer, a administração vai passar o caso para o conselho de supervisão decidir, o que ainda não aconteceu."

A Airbus e a Boeing se negaram a comentar.

A Reuters afirmou no mês passado que o conselho de supervisão da Lufthansa se reuniria em 18 de setembro para examinar um potencial pedido de aviões avaliado em mais de 10 bilhões de dólares.

(Reportagem de Tim Hepher, Maria Sheahan e Alwyn Scott)