Summers, ex-assessor de Obama, pede para deixar de ser considerado para o Fed--jornal

domingo, 15 de setembro de 2013 18:12 BRT
 

WASHINGTON, 15 Set (Reuters) - Lawrence Summers, ex-assessor econômico do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e ex-secretário do Tesouro no governo de Bill Clinton, retirou seu nome das considerações para suceder Ben Bernanke como presidente do Federal Reserve (Fed), reportou neste domingo o Wall Street Journal.

Segundo o jornal, Summers disse a Obama, em uma carta enviada após um telefonema ao presidente, ter concluído que qualquer processo de confirmação de seu nome não serviria aos interesses do Fed ou da administração. A decisão já foi aceita pelo presidente Obama.

(Por Mark Felsenthal)