Aeroporto inglês reduz tarifas para Ryanair em troca de mais voos

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 15:42 BRT
 

LONDRES, 16 Set (Reuters) - A Ryanair convenceu o aeroporto Stansted de Londres a cortar as tarifas cobradas da companhia aérea de baixo custo em troca da promessa de forte aumento de voos saindo e chegando ao terminal nos próximos anos.

O presidente da Ryanair Michael O'Leary no começo deste ano havia ameaçado cortar voos de Stansted em 9 por cento devido ao plano de aumento de 6 por cento nas tarifas no aeroporto, comprado pelo Manchester Airport (MAG) da Heathrow em fevereiro.

Mas a aérea irlandesa, a maior de voos de baixo custo da Europa, disse na segunda-feira que iria aumentar os voos em Stansted em 50 por cento na próxima década, assegurando o compromisso de cortes de tarifas.

A Stansted apenas cortará suas taxas depois que o aumento no número de passageiros ocorrer, disse O'Leary.

"Se não atingirmos as metas não teremos descontos", disse a jornalistas, acrescentando que a Ryanair teria que oferecer bilhetes com desconto e desviar a capacidade de outros aeroportos para cumprir as metas.

O acordo com o Manchester Airport envolverá 1,3 milhão de passageiros adicionais voando pelo Stansted em 2014, com o objetivo de passar de 13 milhões para 20 milhões em uma década.

(Por Rhys Jones)