Obama diz que não negociará com Congresso teto da dívida

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 15:48 BRT
 

WASHINGTON, 16 Set (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta segunda-feira que não vai negociar com o Congresso sobre se eleva o teto da dívida norte-americana e repreendeu os republicanos por ameaçarem paralisar o governo em um esforço para anular sua lei de reforma do setor de saúde.

A Casa Branca se prepara para negociações difíceis de orçamento com parlamentares, mas tem dito consistentemente que o presidente não vai negociar o limite da dívida, que precisa ser elevado para que Washington pague suas contas.

"Não vou negociar sobre se a América manterá ou não sua palavra e cumprirá suas obrigações. Não vou negociar a convicção e crédito totais dos Estados Unidos", disse Obama na Casa Branca.

"Esse país tem trabalhado muito duro há muito tempo para sair de uma crise apenas para ver seus representantes eleitos aqui em Washington provocarem outra crise de forma proposital", disse ele.

(Reportagem de Jeff Mason e Steve Holland)