September 17, 2013 / 11:05 AM / in 4 years

Varejista online Dafiti recebe US$70 mi de fundo canadense

4 Min, DE LEITURA

Por Esteban Israel

SÃO PAULO (Reuters) - A varejista online de moda Dafiti receberá investimento de 70 milhões de dólares do fundo canadense Ontario Teachers Pension Plan, em uma transação que mostra a resiliência do apetite do investidor para o comércio eletrônico no Brasil.

O investimento ocorre no momento em que o crescimento lento e inflação obrigam alguns investidores a dar uma pausa na maior economia da América Latina, e ocorre na sequência de pesado interesse de investidores estrangeiros nos últimos anos no mercado de comércio eletrônico brasileiro avaliado em 10 bilhões de dólares.

Apesar da desaceleração, muitas companhias de Internet, grupos de investimento de risco e outros investidores dizem que acreditam que o mercado continuará a crescer em um país que ainda possui relativa baixa penetração de Internet.

Em comunicado, Wayne Kozun, um vice-presidente sênior do Teachers', como o fundo de pensão é conhecido, citou "a crescente classe média, alto potencial de consumo e significativo crescimento em acesso móvel e online" como razões para o investimento na Dafiti.

A Dafiti, resposta do Brasil à Zappos, popular varejista de moda e sapatos da Amazon, não se abala com alta a inflação, o aumento do endividamento das famílias e outros problemas econômicos que poderiam reduzir o apetite para o consumo.

A economia brasileira, alimentada em parte pelo aumento da demanda do consumidor durante um boom que durou uma década, deve crescer pouco mais de 2 por cento este ano, em comparação com elevado crescimento de 7,5 por cento registrado em 2010.

"Quando olhamos para o Brasil nós não pensamos apenas do crescimento do PIB (Produto Interno Bruto)", disse Philipp Povel, um dos fundadores da Dafiti, em entrevista, "mas também na classe média e na renda disponível que continuarão a crescer".

Mais encorajador, disse ele, é o potencial do mercado online.

O comércio eletrônico representa apenas cerca de 1 por cento de todo o comércio no Brasil, em comparação com um nível de mais de 10 por cento nos Estados Unidos, Reino Unido e no restante da Europa. A penetração geral da Internet, por sua vez, também é relativamente baixa, de cerca de 50 por cento da população.

Ambos os fatores representam um grande mercado inexplorado. Nos últimos anos, pesos pesados da Internet como Facebook, Amazon, Netflix, Twitter e Linkedin iniciaram suas operações no Brasil.

A Dafiti, uma startup lançada em 2011 com a ajuda da incubadora alemã Rocket Internet, já arrecadou 255 milhões de dólares, com o investimento do Teachers'. A empresa já recebeu 65 milhões de dólares em financiamento de Nova York Quadrant Capital Advisors e 45 milhões da JP Morgan Asset Management.

Os investimentos permitiram à varejista com sede em São Paulo consolidar a sua posição como principal plataforma online de moda do Brasil, com uma fatia de mercado de 30 por cento. A Dafiti também se aventurou em outros grandes mercados da América Latina, incluindo Argentina, Chile, Colômbia e México.

O tamanho total do mercado latino-americano para comércio eletrônico é de mais de 100 bilhões de dólares, disse Povel. "Nós só precisamos captar um pouco disso e então seremos uma empresa de bilhões de dólares", afirmou.

A Dafiti disse que o investimento do fundo canadense ajudará a expandir seu catálogo nesses mercados, bem como aumentar a capacidade de armazenamento e automatizar operações.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below