Japão quer avaliar reduzir dependência da energia nuclear, diz ministro

terça-feira, 17 de setembro de 2013 08:44 BRT
 

TÓQUIO, 17 Set (Reuters) - O ministro do Comércio e Indústria do Japão, Toshimitsu Motegi, disse nesta terça-feira que o governo quer avaliar a redução da dependência da energia nuclear, dois anos e meio depois de um terremoto seguido de tsunami que danificou a usina de Fukushima, no nordeste do país.

Todos os reatores nucleares no Japão saíram de linha esta semana, apenas pela terceira vez em mais de três décadas, após a Kansai Electric Power fechar o reator número 4 de Ohi para uma manutenção planejada.

"Vamos manter a tecnologia e o pessoal relacionados com a energia nuclear, e eles devem contribuir para o mundo, mas nós queremos avaliar maneiras de reduzir a nossa dependência da energia nuclear", disse o ministro.

A Tokyo Electric Power Co, operadora da usina de Fukushima, enfrenta diversos problemas para armazenar centenas de toneladas de água contaminada no local.

O governo japonês prometeu meio bilhão de dólares este mês para lidar com a crise de Fukushima.

(Reportagem de Sumio Ito)

 
Ministro da Economia, Indústria e Comércio do Japão, Toshimitsu Motegi, fala durante entrevista à Reuters em Tóquio. Motegi disse nesta terça-feira que o governo quer avaliar a redução da dependência da energia nuclear, dois anos e meio depois de um terremoto seguido de tsunami que danificou a usina de Fukushima, no nordeste do país. 4/09/2013. REUTERS/Issei Kato