Peugeot perde espaço enquanto a crise de carros na Europa avança

terça-feira, 17 de setembro de 2013 10:01 BRT
 

PARIS, 17 Set (Reuters) - As vendas de carro na Europa caíram 4,9 por cento no mês passado, disse a Associação de Montadoras Europeias nesta terça, com a PSA Peugeot Citröen perdendo mais terreno para rivais asiáticas e de carros de luxo.

Os licenciamentos caíram para 686.957 carros em agosto, um lento mês de férias no hemisfério norte, com as vendas recuando ainda mais na França, Itália e Alemanha, levando a uma queda de 5,2 por cento no mercado europeu no acumulado de janeiro a agosto.

"Prevaleceu a queda em mercados significativos", disse a associação em um comunicado, com apenas o Reino Unido divulgando forte crescimento de 10 por cento.

Executivos da indústria e analistas automotivos estão esperando, com cautela, ver a demanda de carros na Europa atingir o nível mais baixo e se estabilizar depois do que caminha para ser o sexto ano consecutivo de declínios e maior baixa em duas décadas.

A contração em agosto segue a queda de 5,3 por cento nas vendas na Europa ocidental, anunciada por entidades da indústria no começo do mês.

A Peugeot liderou a baixa, com uma queda de 18 por cento em licenciamentos que levou sua participação no mercado para 11 por cento nos oito primeiros meses do ano, recuo de quase um ponto percentual em relação ao ano anterior.

A italiana Fiat caiu 4,9 por cento, alinhada com a demanda geral. A líder de mercado Volkswagen caiu 11 por cento, afetada por menores vendas da sua marca principal.

(Por Laurence Frost)

 
Carros expostos em uma concessionária da marca Renault em Bordeaux, no sul da França. As vendas de carro na Europa caíram 4,9 por cento no mês passado, disse a Associação de Montadoras Europeias nesta terça. 1/03/2013. REUTERS/Regis Duvignau