Financiamento agrícola cresce 35% no início da safra do Brasil--governo

quarta-feira, 18 de setembro de 2013 17:00 BRT
 

SÃO PAULO, 18 Set (Reuters) - Os financiamentos para a agricultura empresarial brasileira, dentro do Plano Safra 2013/14 do governo, somaram 23,7 bilhões de reais em julho e agosto, alta de 35,5 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, informou o Ministério da Agricultura nesta quarta-feira.

Os produtores rurais contrataram 18,5 bilhões de reais pelas modalidades de custeio e comercialização e 5,2 bilhões de reais pela de investimento.

O crescimento nos financiamentos ocorre com a expectativa de um plantio recorde de soja, a principal cultura do país.

"A soja é um grande potencial no agronegócio brasileiro. A expectativa para esta safra é ultrapassar 88 milhões de toneladas, 7 por cento a mais do que a anterior", disse o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller.

Na safra 2013/14, o governo prevê no Plano Safra financiamentos recordes de 136 bilhões de reais para a agropecuária empresarial e 21 bilhões de reais para a familiar.

Na temporada anterior, os empréstimos dentro do Plano Safra, com a grande maioria das modalidades de financiamentos com juros reduzidos, superaram 100 bilhões de reais pela primeira vez na história.

(Por Roberto Samora)