Bancários entram em greve por tempo indeterminado

quinta-feira, 19 de setembro de 2013 09:12 BRT
 

SÃO PAULO, 19 Set (Reuters) - Bancários do país decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira após fracasso em acordo de negociações salariais, informou a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Os trabalhadores rejeitaram em assembleias proposta de reajuste de 6,1 por cento formulada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que repõe somente a inflação pelo INPC, informou a entidade em comunicado à imprensa.

Os bancários reivindicam reajuste de 11,93 por cento, que inclui 5 por cento de aumento real além da inflação, Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais cerca de 5,55 mil reais e piso salarial de 2,86 mil, entre outras demandas.

O comando nacional da greve representa 95 por cento dos cerca de 490 mil bancários de todo o país, segundo a Contraf. Um balanço do primeiro dia de greve será divulgado no final da tarde desta quinta-feira, com base nas informações que serão enviadas por sindicatos para a entidade.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição Marcela Ayres)