IPCA-15 acelera alta a 0,27% em setembro mas em 12 meses vai abaixo de 6%

sexta-feira, 20 de setembro de 2013 11:35 BRT
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO, 20 Set (Reuters) - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) acelerou a alta em setembro para 0,27 por cento, com os preços de Transportes voltando a terreno positivo, mas em 12 meses a inflação ficou abaixo de 6 por cento pela primeira vez neste ano.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, o IPCA-15, prévia da inflação oficial, acumulou alta de 5,93 por cento em 12 meses até setembro, abaixo dos 6,15 por cento até agosto, quando o índice subiu 0,16 por cento. A meta do governo é de 4,5 por cento, com tolerância de 2 pontos percentuais.

Os resultados ficaram em linha com as expectativas em pesquisa da Reuters, cujas medianas das projeções indicavam uma alta mensal de 0,28 por cento e de 5,94 por cento no acumulado em 12 meses.

Segundo o IBGE, o principal responsável pelo resultado de setembro foi o grupo Transportes, que apresentou alta de 0,30 por cento após recuo de 0,30 por cento no mês anterior, com impacto de 0,06 ponto percentual.

A alta dos preços nesse grupo deveu-se ao fim da queda das tarifas dos ônibus urbanos, que ficaram estáveis em setembro após recuos de 1,02 por cento em julho e de 1,69 por cento em agosto.

Isso somou-se à alta de 16,08 por cento das passagens aéreas --maior impacto individual no índice do mês com 0,07 ponto percentual-- e compensou os recuos de 1,31 por cento no etanol e de 0,26 por cento na gasolina.

Entre os grupos, Habitação, que desacelerou a alta a 0,53 por cento, teve o maior impacto --0,08 ponto percentual.

Além disso, Vestuário, com alta de 0,37 por cento e Alimentação e Bebidas, com variação positiva de 0,04 por cento, deixaram de apresentar queda neste mês.   Continuação...