Atividade empresarial da zona do euro cresce mais rápido que esperado--PMI

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 07:30 BRT
 

Por Jonathan Cable

LONDRES, 23 Set (Reuters) - A atividade empresarial na zona do euro cresceu mais rápido do que o esperado neste mês com as novas encomendas avançando no ritmo mais rápido em mais de dois anos, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), ampliando os sinais de que a economia está se recuperando.

As pesquisas sugerem que a recuperação econômica da região está se tornando mais generalizada com crescimento tanto na Alemanha quanto na França, as duas maiores economias do bloco.

O PMI composto preliminar do Markit saltou para 52,1 ante 51,5 no mês passado, maior nível desde junho de 2011 e superando as expectativas de 51,9.

O ritmo de crescimento no dominante setor de serviços do bloco superou todas as projeções em pesquisa da Reuters. O PMI de serviços atingiu 52,1, bem à frente dos 50,7 de agosto e confortavelmente acima da mediana das expectativas de 51,0.

Leitura acima de 50 indica crescimento.

"Essas pesquisas mostram um aumento da melhora. Tudo está parecendo bastante positivo", disse Chris Williamson, economista-chefe do Markit.

Os negócios na Alemanha, maior economia da Europa, expandiram a um ritmo mais rápido do que no mês passado e na França, segunda maior economia do bloco, a atividade aumentou --ainda que marginalmente-- pela primeira vez em 19 meses.

Por sua vez, a atividade industrial desacelerou neste mês, mas as empresas ainda foram capazes de repassar a alta dos custos de insumos para os clientes. O PMI do setor caiu para 51,1 ante máxima de 26 meses em agosto de 51,4. Pesquisa da Reuters estimava alta para 51,8.