Produção de petróleo do sul do Iraque sobe após manutenção em duto

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 12:46 BRT
 

LONDRES/BASRA, 23 Set (Reuters) - O Iraque elevou a produção de petróleo de seus campos do sul, após consertar um oleoduto com vazamento, disseram duas autoridades do setor petroleiro nesta segunda-feira.

Planos de manutenção, no entanto, continuam a conter as exportações do segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A revitalização do setor de petróleo iraquiano, que teve início em 2010, perdeu força este ano devido a problemas de infraestrutura e segurança, mantendo a produção abaixo das metas e, por vezes, até mesmo abaixo do nível de 3 milhões de barris por dia (bpd) registrado no ano passado.

O oleoduto com vazamento havia causado uma diminuição na produção no campo petrolífero de Rumaila, somando-se temporariamente ao impacto dos planos de manutenção do terminal de petróleo de Basra, que reduziram a capacidade de exportação do sul --principal saída do petróleo iraquiano.

Dois funcionários do setor petrolífero disseram nesta segunda-feira que o Iraque havia restaurado no domingo o nível normal de sua produção nos campos de petróleo do sul, depois de reparar o vazamento de um oleoduto envelhecido.

"Nós estamos planejando embarcar mais petróleo bruto no resto do mês de setembro para compensar as exportações reduzidas por conta do vazamento de oleoduto", disse um funcionário sênior do setor.

A capacidade de exportação continua reduzida, com dois dos quatro berços de atracação do terminal ainda fechados para manutenções planejadas, o que está limitando a capacidade de exportação do sul a cerca de 1,7 milhão de barris por dia de acordo com fontes do mercado.

(Reportagem de Alex Lawler em Londres, Aref Mohammed em Basra e Ahmed Rasheed em Bagdá)