Injeção de US$14 bi pelo BC da China alivia temores de aperto de crédito

terça-feira, 24 de setembro de 2013 07:32 BRT
 

Por Gabriel Wildau

XANGAI, 24 Set (Reuters) - O banco central da China realizou sua maior injeção diária de fundos em sete meses nesta terça-feira, aliviando os temores de um aperto de crédito no final do trimestre como o que afetou os mercados globais no final de junho.

O BC chinês injetou 88 bilhões de iuanes (14,4 bilhões de dólares) nos mercados de dinheiro por meio de operações de recompra reversa de títulos de seis dias nesta terça-feira, a maior injeção em um dia desde a semana antes do feriado do Festival da Primavera em fevereiro.

"A ação do banco central acalmou o humor das pessoas. O mercado melhorou em comparação com ontem", disse um trader de Xangai.

A taxa de juros que os bancos cobram um do outro por empréstimos overnight caiu, atingindo 3,64 por cento em uma média ponderada, ante 3,87 por cento no fechamento de segunda-feira.

Os bancos chineses tipicamente acumulam dinheiro perto do final do trimestre para cumprir medidas regulatórias e financiar pagamentos de produtos relacionado à administração de riqueza. Isso contribuiu para uma alta nos juros no final de junho, quando a taxa referencial de sete dias atingiu 30 por cento para alguns negócios.

(Reportagem adicional de Helen Ding e Li Hongwei)