Grohe pode anunciar IPO até 5a-feira se venda de US$4 bi não ocorrer

terça-feira, 24 de setembro de 2013 09:43 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A maior fabricante de equipamentos para banheiros da Europa, Grohe , pode lançar uma oferta pública inicial de ações (IPO) até quinta-feira se os fundos de private equity que controlam a empresa não chegarem a um acordo sobre a venda da companhia por cerca de 4 bilhões de dólares, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto.

A TPG Capital e o braço de private equity do Credit Suisse estão saindo da Grohe em um processo chamado "dual track", que inclui a opção de entrar na bolsa ou vender uma fatia para um sócio.

Entre os pretendentes, a japonesa Lixil emergiu como a favorita com uma oferta de quase 3 bilhões de euros (4 bilhões de dólares), disseram as fontes.

"É um jogo de pôquer agora", disse uma das fontes. "As duas opções estão na mesa e continuarão na mesa mesmo se a intenção de abrir capital for publicada no final da semana."

TPG e Credit Suisse compraram a Grohe por 1,5 bilhão de euros em 2004 do BC Partners. A Grohe e seus acionistas não quiseram comentar o assunto.

A norte-americana Fortune Brands desistiu de fazer oferta, enquanto o interesse da suíça Geberit e da brasileira Duratex também esfriou, disseram fontes.

Representantes da Duratex não comentaram de imediato o assunto.