Rússia limita importações de carnes de 10 fornecedores brasileiros

quarta-feira, 25 de setembro de 2013 17:25 BRT
 

MOSCOU, 25 Set (Reuters) - A Rússia vai limitar suas importações de carne suína e bovina de dez fornecedores brasileiros a partir de 2 de outubro, disse o serviço veterinário e fitossanitário do país (VPSS, na sigla em inglês) nesta quarta-feira, citando uma violação não especificada de regras.

A Rússia, um dos principais mercados para a carne brasileira, esperava comprar mais carne do país sul-americano após Moscou banir as importações da maior parte dos fornecedores dos EUA, Canadá e México por temores relacionados a um aditivo de crescimento dos animais.

O serviço veterinário disse em um comunicado que a medida temporária para dez fornecedores brasileiros foi imposta depois que uma inspeção revelou uma violação das regras, a qual o VPSS não descreveu.

A agência, conhecida na Rússia como Rosselkhoznadzor, não identificou os fornecedores brasileiros. Um representante do VPSS também não pode fornecer os nomes.

A empresa de alimentos Minerva informou nesta quarta-feira que duas de suas unidades tiveram suspensas as exportações de carne para a Rússia, em caráter temporário, junto com outras unidades de outras empresas brasileiras.

A Rússia importou 616,1 mil toneladas de carne vermelha, no valor de 2,4 bilhões dólares, de países de fora da Comunidade de Estados Independentes nos primeiros sete meses de 2013, segundo dados alfandegários oficiais.

(Reportagem de Polina Devitt)