Citigroup tenta bloquear nova arbitagem por fundo de Abu Dhabi

quarta-feira, 25 de setembro de 2013 18:08 BRT
 

NOVA YORK, 25 Set (Reuters) - O Citigroup foi à justiça para tentar bloquear um novo pedido da Abu Dhabi Investment Authority (Adia) de arbitragem sobre um investimento de 7,5 bilhões de dólares que o fundo soberano fez no banco em meio ao colapso das hipotecas de alto risco em 2007.

Em uma queixa feita na terça-feira na Corte Distrital dos Estados Unidos em Nova York, o Citigroup afirmou que o Adia havia feito um "ataque" no mês passado contra decisão da corte federal, de março, que confirmou a vitória do banco em uma arbitragem internacional anterior.

A ADIA, na arbitragem inicial, acusou o Citigroup de fraude e buscou receber 4 bilhões de dólares.

Só depois de perder o caso, o Adia descobriu que tinha mais reclamações decorrentes de seu investimento, disse o Citigroup em sua denúncia.

A Adia busca agora 2 bilhões de dólares para cada uma de suas reivindicações, segundo o processo. A Adia faz alegações de quebra de contrato e violação do pacto implícito de boa fé e negociação justa.

"A nova arbitragem da Adia nada mais é do que uma tentativa imprópria para litigar afirmações que a Adia conhecia, poderia ter trazido, e, em parte significativa, trouxe à tona na primeira arbitragem", disse o Citigroup no processo.

O Citigroup está buscando uma liminar contra a nova arbitragem da Adia, que foi formalizada em 20 de agosto na Associação Americana de Arbitragem.

(Reportagem de Nate Raymond)