Confiança do setor de serviços recua 0,2% em setembro ante agosto--FGV

sexta-feira, 27 de setembro de 2013 16:26 BRT
 

SÃO PAULO, 27 Set (Reuters) - O Índice de Confiança de Serviços (ICS) caiu 0,2 por cento em setembro na comparação com agosto ao passar de 116,5 pontos para 116,3 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas nesta sexta-feira.

Em agosto, o indicador havia avançado 4,3 por cento.

De acordo com a FGV, houve aumento da confiança em 7 das 12 atividades pesquisadas, queda em três e estabilidade em duas, "mostrando que a tendência na margem não é clara".

O Índice da Situação Atual (ISA-S) registrou queda de 1,4 por cento em setembro ante agosto, contra avanço de 3,2 por cento anteriormente.

A principal influência veio da queda do indicador que mede a satisfação com a situação atual dos negócios, de 3,8 por cento. A proporção de empresas que avaliam a situação atual como forte passou de 23,7 por cento em agosto para 20,6 por cento em setembro, enquanto a parcela das que a consideram fraca aumentou de 17,8 por cento para 18,7 por cento.

Por sua vez, o Índice de Expectativas (IE-S) mostrou avanço de 0,7 por cento em setembro, ante alta de 5,2 por cento em agosto.

Esse resultado foi influenciado principalmente pelo indicador do quesito demanda prevista, que avançou 2,4 por cento. A proporção de empresas prevendo demanda maior no futuro subiu de 41,2 por cento em agosto para 43,0 por cento em setembro, enquanto a parcela daquelas prevendo demanda menor passou de 10,2 por cento para 8,9 por cento.

Favorecido pelo setor de serviços e comércio, o Brasil registrou em agosto abertura de 127.648 vagas formais de trabalho, 26,5 por cento maior que em igual mês de 2012, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

(Por Camila Moreira; Edição de Alexandre Caverni)