Lion Air que preencher rotas de baixa ocupação com C300 da Bombardier

sexta-feira, 27 de setembro de 2013 11:48 BRT
 

MONTREAL, 27 Set (Reuters) - A companhia aérea Lion Air, da Indonésia, busca preencher rotas de baixa ocupação com os jatos C300 da Bombardier, enquanto desafia a AirAsia, da Malásia, no mercado de rápido crescimento para viagens de baixo custo no Sudeste Asiático.

O presidente-executivo da companhia, Rusdi Kirana, disse à Reuters que a empresa mantém conversas para comprar um número "de dois dígitos" de C300s, ao invés de modelos mais largos, como o 737, da Boeing, ou o A320, da Airbus, afirmando que seu tamanho oferece custos mais baixos de operação por viagem nas rotas em que os passageiros não chegam a encher os aviões maiores.

A Lion Air está considerando questões como o apoio pós-venda, e poderia fazer uma encomenda até o final do ano, disse um porta-voz.

A companhia aérea tem ido às compras buscando aproveitar o aumento da classe consumidora emergente na Indonésia, que está cada vez mais viajando entre as ilhas do quarto país mais populoso do mundo, ao passo que compete internacionalmente com a AirAsia.

(Por Valerie Volcovici)