Premiê italiano deve pedir voto de confiança ao Parlamento, diz ministro

sexta-feira, 27 de setembro de 2013 20:44 BRT
 

ROMA, 27 Set (Reuters) - O primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, pretende convocar um voto de confiança no Parlamento, depois de não conseguir garantir apoio para um pacote vital de medidas fiscais em uma reunião de gabinete nesta sexta-feira, disse o ministro de Assuntos Regionais.

Letta disse em um comunicado após a reunião que ele não estava disposto a ir em frente sem apoio claro das partes em sua coalizão, já que divisões com parceiros de centro-direita levaram o governo à beira do colapso.

"É inevitável que qualquer decisão do governo sobre questões fiscais ou econômicas fique em espera", disse Letta depois que o gabinete não conseguiu aprovar uma legislação para redução do déficit.

O ministro de Assuntos Regionais, Graziano Delrio, disse a repórteres após a reunião que Letta irá pedir um voto de confiança no Parlamento.

(Reportagem de Giuseppe Fonte)