Republicanos podem votar no sábado plano orçamentário para EUA, com cortes ao Obamacare

sábado, 28 de setembro de 2013 18:34 BRT
 

WASHINGTON, 28 Set (Reuters) - Os líderes republicanos decidiram propor o adiamento de um ano na lei de saúde do presidente Barack Obama e revogar um tributo sobre aparelhos médicos como forma de manter o governo dos Estados Unidos funcionando, disse um parlamentar após uma reunião na manhã deste sábado.

A Câmara dos Deputados, dominada pelos republicanos, deve votar nesta tarde o plano. O governo ficará paralisado se amanhecer na terça-feira sem recursos emergências.

O deputado Glenn Thompson disse a jornalistas depois da reunião que a ideia teve resposta favorável dos parlamentares do partido.

O Senado, controlado pelos democratas, aprovou na sexta-feira uma medida que mantém o governo funcionando até 15 de novembro, depois de eliminar a proposta republicana de retirar fundos do Affordable Care Act, de 2010, também conhecido como Obamacare.

Os republicanos ficaram divididos depois de um plano inicial de seus líderes de deixar fora o debate sobre o Obamacare até o próximo mês.

(Reportagem de Rim Dixon)