Facebook mostrará menos anúncios indesejados em feeds de notícias

segunda-feira, 30 de setembro de 2013 16:10 BRT
 

SAN FRANCISCO, 30 Set (Reuters) - Os feeds de notícias do Facebook conterão menos anúncios que não interessam aos usuários, disse o Facebook na sexta ao divulgar mudanças na política de publicidade.

Este é o esforço mais recente da companhia de refinar os anúncios no feed principal, que se tornaram mais importante aos seus negócios.

"Para decidir que anúncio mostrar a quais grupos de pessoas, estamos colocando mais ênfase nos comentários que recebemos das pessoas sobre os anúncios, incluindo a frequência com que as pessoas ocultam ou denunciam um anúncio," disse a empresa.

"Se alguém sempre oculta anúncios de eletrônicos, reduziremos o número deste tipo de anúncios que mostramos a esta pessoa", continuou. O Facebook tem tentado tornar os anúncios mais proeminentes sem causar uma reação hostil entre seus 1,15 bilhão de usuários.

A maior rede social do mundo, que gera cerca de 85 por cento de sua receita com publicidade, hoje coloca um anúncio pago a cada 20 "histórias" que os usuários veem em seus feeds de notícias, segundo disse a empresa em julho.

A empresa disse que alguns profissionais de marketing "podem perceber uma variação na distribuição de seus anúncios" nas próximas semanas, porém não quis elaborar o comentário.

As ações do Facebook encerraram o pregão da sexta-feira no nível mais alto desde o IPO em maio de 2012 com alta de 1,7 por cento, a 51,24 dólares.

(Por Alexei Oreskovic)