Merck cortará US$2,5 bi em custos, eliminará 8.500 empregos

terça-feira, 1 de outubro de 2013 13:17 BRT
 

1 Out (Reuters) - A Merck, seguindo uma tendência dos concorrentes que cortaram investimentos em pesquisa para impulsionar as receitas, disse na terça-feira que planeja cortar os custos operacionais anuais em 2,5 bilhões de dólares e eliminar 8.500 empregos.

A Merck, que viu suas ações subirem 2 por cento, disse que tem como objetivo estreitar seu foco em produtos com a melhor chance de obter aprovação regulatória e alcançar um número substancial de vendas.

O corte de pessoal, que representa mais de 10 por cento do quadro total de 81 mil funcionários da empresa no mundo, seria somado ao já anunciado corte de outros 7.500 funcionários.

Cerca de 40 por cento da redução de gastos, ou 1 bilhão de dólares, serão realizados até o final de 2014 e resultarão de cortes em operações administrativas e de marketing, e de pesquisa e desenvolvimento, disse a Merck. A empresa planeja concluir o restante dos cortes até o final de 2015.

A empresa disse que contabilizaria custos de restruturação de 900 milhões a 1 bilhão de dólares este ano, a maior parte no terceiro trimestre. A Merck complementou que ainda espera lucro de 3,45 dólares a 3,55 dólares por ação para 2013, excluindo-se itens especiais. No ano passado, a empresa teve lucro de 3,82 dólares por ação.

(Por Ransdell Pierson)