Indústria automotiva na França e Espanha dá sinais de retomada em setembro

terça-feira, 1 de outubro de 2013 13:27 BRT
 

PARIS/FRANKFURT, 1 Out (Reuters) - As vendas de carros novos na França e na Espanha subiram no mês passado, aumentando as esperanças de que o pior já passou para o mercado automotivo da Europa Ocidental.

As vendas de setembro são um bom indicador de tendência na Europa, dado que os resultados de agosto não são vistos como um indicador preciso de demanda porque muitos compradores estão de férias. Setembro também é um mês crucial para o mercado do Reino Unido.

O grupo industrial CCFA, com sede em Paris, disse na terça-feira que mantém sua previsão para o ano de queda de 8 por cento na França, terceiro maior mercado automotivo europeu, o que representa uma ligeira melhora no último trimestre do ano ante a queda de 8,5 por cento nos primeiros nove meses.

Os registros de novos carros cresceu para mais de 142 mil veículos em setembro, informou o grupo em comunicado, enquanto uma alta de 19 por cento nas vendas da Renault mais que compensou a queda de 6 e 7 por cento das rivais da Peugeot e Citroen, da PSA.

Separadamente, o grupo da indústria automotiva da Espanha, Anfac, disse na terça-feira que as vendas de carros novos no país cresceram 29 por cento para mais de 45 mil carros no mês passado, ajudadas por subsídios do governo e um dia útil a mais no mês.

(Por Dominique Vidalon e Christiaan Hetzner; Reportagem adicional de Paul Day, em Madri)