Premiê italiano Letta diz que pode atingir metas com maioria mais apertada

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 11:52 BRT
 

ROMA, 2 Out (Reuters) - O primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, disse nesta quarta-feira que o governo pode alcançar seus objetivos mesmo com uma maioria parlamentar mais apertada, ao defender sua administração antes de uma votação de confiança em que ele terá o apoio de dissidentes do partido de centro-direita de Silvio Berlusconi.

"Nosso governo pode atingir seus objetivos apesar do fato de que os números da maioria mudaram", disse Letta, ao apresentar formalmente uma moção de confiança ao Senado, que deve concluir a votação mais tarde nesta quarta.

Letta falou bastante sobre o papel da Itália na União Europeia e seu objetivo de promover uma maior integração durante a presidência rotativa da UE a ser ocupada pelo país no segundo semestre de 2014, o que sugere que ele vê seu governo durando pelo menos até 2015.

(Reportagem de Steve Scherer)

 
Premiê italiano, Enrico Letta, aguarda no Senado durante a convocação de um voto de confiança, em Roma. Letta disse nesta quarta-feira que o governo pode alcançar seus objetivos mesmo com uma maioria parlamentar mais apertada, ao defender sua administração antes de uma votação de confiança em que ele terá o apoio de dissidentes do partido de centro-direita de Silvio Berlusconi. 2/10/2013. REUTERS/Tony Gentile