Berlusconi diz que decidiu apoiar governo italiano

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 12:32 BRT
 

ROMA, 2 Out (Reuters) - O líder da centro-direita italiana, Silvio Berlusconi, recuou nesta quarta-feira da ameaça de tentar derrubar o governo e disse ao Senado que seu partido, o Povo da Liberdade (PDL), vai apoiar o primeiro-ministro Enrico Letta em um voto de confiança.

Berlusconi disse que após ouvir ao discurso de Letta, no qual o premiê prometeu cortar impostos e realizar reformas econômicas e no Judiciário, o partido "decidiu, não sem alguma divisão interna, apoiar o governo".

As palavras do ex-primeiro-ministro, que foram recebidas com surpresa pelos parlamentares, aparentemente dão fim à crise política que foi iniciada após Berlusconi ter ordenado, no sábado, que os ministros do PDL entregassem seus cargos.

(Reportagem de Gavin Jones)