BCE diz que todas opções estão disponíveis para aliviar taxas do mercado

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 12:55 BRT
 

Por Eva Taylor e Ingrid Melander

PARIS, 2 Out (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) está monitorando de perto os movimentos das taxas de juros do mercado e está preparado para usar qualquer opção de política para aliviá-las se necessário, disse o presidente do BCE, Mario Draghi, nesta quarta-feira.

O banco central está "particularmente atento" a qualquer movimento nas taxas de mercado que possa ameaçar a recuperação econômica ou pressionar a inflação muito para baixo, disse Draghi em entrevista à imprensa depois que o banco manteve as taxas de juros oficiais da zona do euro na mínima recorde de 0,5 por cento.

A instituição também manteve sua taxa de depósito em 0 por cento e a taxa de empréstimo em 1 por cento.

"Em relação às condições do mercado de crédito, permaneceremos particularmente atentos às evoluções que podem ter implicações para a postura de política monetária", disse Draghi.

"Estamos preparados para usar qualquer instrumento incluindo outra operação de refinanciamento de longo prazo (LTRO, na sigla em inglês), caso seja necessário".

Embora o BCE não tenha uma meta para o euro, que está perto da máxima em dois anos contra cesta de outras moedas e pode subir mais desde que o banco central norte-americano decidiu não começar a reduzir seu programa de estímulo monetário, Draghi disse que o banco está monitorando o potencial impacto na economia do bloco.

"A taxa de câmbio não é uma meta para o BCE... Entretanto, a taxa de câmbio é importante para o crescimento e para a estabilidade de preços, e nós estamos certamente atentos a essas evoluções".

A preocupação do BCE aumentou em relação às taxas de juros do mercado, que subiram nos últimos meses com a perspectiva de que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, reduziria seu estímulo monetário.   Continuação...