Intesa diz que irá ajudar Alitalia se houver expectativa de crescimento

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 12:44 BRT
 

TURIM, 2 Out (Reuters) - O banco italiano Intesa Sanpaolo irá fazer sua parte para ajudar a deficitária empresa aérea Alitalia somente se houver perspectivas de crescimento para a empresa, disse o presidente do conselho da Intesa, Gian Maria Gros-Pietro, nesta quarta-feira.

O governo italiano e a diretoria da Alitalia procuraram bancos como o Intesa para um novo financiamento de até 300 milhões de euros (406 milhões de dólares) em uma oferta para manter a empresa à tona e investir em uma estratégia que a companhia aérea diz que vai reviver seus ganhos.

A empresa também planeja um aumento de capital de pelo menos 100 milhões de euros, conforme afirmou na semana passada.

"Nosso primeiro dever é proteger os depósitos do banco, não é nosso dever investir em empresas aéreas", disse Gros-Pietro, cujo banco ajudou a resgatar a Alitalia em 2008.

"Nós podemos fornecer recursos a empresas que têm potencial de desenvolvimento. Se a Alitalia mostrar perspectiva de crescimento, nós vamos fazer nossa parte", afirmou o executivo, nos bastidores de uma apresentação.

(Por Gianni Montani)