Ratings de fusão Oi-Portugal Tel serão baseados em nota do Brasil--CEO

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 20:49 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia resultante da fusão entre Oi e Portugal Telecom será brasileira para fins de avaliação por agências de classificação de risco, afirmou o presidente-executivo da Oi, Zeinal Bava.

Em comentários durante teleconferência com analistas, o executivo afirmou que 75 por cento dos negócios da futura CorpCo se darão no Brasil.

"Esta companhia será uma companhia brasileira em termos de rating", disse Bava, ao responder uma pergunta sobre a diferença de ratings soberanos entre Portugal e o Brasil.

O vice-presidente financeiro da Oi, Bayard Gontijo, comentou ainda que espera que a nova empresa mantenha o grau de investimento da Oi.

(Por Alberto Alerigi Jr.)