Daimler pensa construir nova fábrica na América do Norte, diz revista

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 14:10 BRT
 

FRANKFURT, 3 Out (Reuters) - A montadora alemã Daimler AG pode construir uma nova fábrica na América do Norte se a demanda por carros compactos aumentar, disse o chefe de produção da Mercedes-Benz para uma revista de automóveis da Alemanha.

"No ano que vem começaremos a fabricar o Classe C em Tuscaloosa, porém estaremos chegando próximo ao limite da capacidade dessa fábrica," disse Andreas Renschler em uma entrevista à revista Auto Motor und Sport.

"Temos na China uma fábrica de motores que entrou em operação, que será seguida por uma fábrica de motores nos Estados Unidos, e para a nossa próxima geração de plataforma de carro compacto, teremos que pensar em um local na área do Nafta, se a demanda para modelos compactos aumentar na região", complementou, referindo-se à área do acordo de livre comércio entre EUA, Canadá e México.

A Mercedes produz cerca de dois terços de seus carros na Alemanha, mas 80 por cento de suas vendas acontecem fora do país, disse Renschler. "Portanto, o número de carros produzidos no exterior tem que aumentar", acrescentou.

Renschler disse no mês passado que a Daimler estava avaliando a produção conjunta com a japonesa Nissan de veículos de luxo compactos em uma fábrica da Nissan no México.

Na terça-feira a Daimler anunciou que investiria cerca de 500 milhões de reais para montar uma fábrica em Iracemápolis, no interior paulista, onde planeja fabricar anualmente até 20 mil carros Mercedes-Benz Classe C e GLA, com a expectativa de que os primeiros modelos saiam da fábrica até 2016.

(Por Jonathan Gould)