Para Fisher, do Fed, se EUA entrarem em default, mundo não será mais o mesmo

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 16:28 BRT
 

DALLAS, 3 Out (Reuters) - O presidente do Federal Reserve de Dallas, Richard Fisher, afirmou que se os Estados Unidos entrarem em default "o impensável vai se tornar real e a plena confiança e o crédito nos EUA serão uma miragem ao invés de um fato."

Para ele esse tipo de evento teria um impacto muito forte na economia norte-americana como na Grande Depressão e na recente crise financeira, ele disse.

"O mundo --ou, pelo menos, nosso pensamento sobre o mundo-- não será mais o mesmo", disse.

(Por Ann Saphir)