Ações caem por preocupações com paralisação do governo dos EUA

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 19:46 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES, 3 Out (Reuters) - As ações europeias caíram nesta quinta-feira, na medida em que pesaram as dúvidas sobre como os Estados Unidos irão resolver o impasse orçamentário que paralisou partes do governo, enquanto a Schneider Electric teve forte recuo após ser rebaixada por uma corretora.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,4 por cento, a 1.242 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 caiu 0,55 por cento para 2.902 pontos.

A desvalorização de 3,2 por cento da Schneider retirou muitos pontos do FTSEurofirst 300, após o rebaixamento pela Exane BNP Paribas da indicação da ação para "neutra", ante "outperform" (acima da média do mercado), ter afetado as ações da empresa.

O FTSEurofirst 300 atingiu máxima em cinco anos a 1.274 ponto no fim de setembro, enquanto o Euro STOXX 50 alcançou o maior patamar em dois anos ao registrar 2.955 pontos.

Ambos os mercados acumulam alta de cerca de 10 por cento desde o início de 2013, mas vêm caindo em outubro após o governo dos Estados Unidos sofrer uma paralisação parcial nesta semana devido a discordâncias entre políticos sobre o orçamento do país.

O impasse está gerando preocupações sobre o teto da dívida de 16,7 trilhões de dólares dos EUA, que o Secretário do Tesouro, Jack Lew, disse que o governo irá alcançar até 17 de outubro.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,18 por cento, a 6.449 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,37 por cento, para 8.597 pontos.   Continuação...