Camex decide sobretaxas à importação de alguns aços inoxidáveis

sexta-feira, 4 de outubro de 2013 10:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu criar sobretaxas à importação de alguns tipos de aços inoxidáveis laminados a frio originadas da Alemanha, China, Coreia, Finlândia, Taiwan e Vietnã, em resolução publicada um dia depois que o órgão impôs pena antidumping sobre parte do segmento de chapa grossa.

As sobretaxas, válidas por até cinco anos a partir desta sexta-feira, atendem em parte a pedido feito pela Aperam Inox América do Sul, companhia criada a partir de uma cisão do grupo siderúrgico global ArcelorMittal e que tem operações no Brasil e Europa.

A Aperam havia pedido a investigação para verificação de dumping em dezembro de 2011, mesma época em que a Usiminas fez petição contra importação de chapas grossas originárias de países como China, Coreia e Africa do Sul

O pedido da Aperam envolveu importações de produtos vindos também da África do Sul e Estados Unidos.

A resolução publicada nesta sexta-feira envolve "produtos laminados planos de aços inoxidáveis austeníticos (...) e de aços inoxidáveis ferríticos, laminados a frio, com espessura igual ou superior a 0,35 mm, mas inferior a 4,75mm".

As sobretaxas variam de 267,84 dólares por tonelada a 1.076,86 dólares por tonelada contra produtos de siderúrgicas como a sul-coreana Posco, a finlandesa Outokumpu e a chinesa Lianzhong Stainless Steel Corporation.

(Por Alberto Alerigi Jr.)