Petrobras vê dívida equilibrada com geração de caixa futura

sexta-feira, 4 de outubro de 2013 20:18 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Out (Reuters) - A Petrobras disse nesta sexta-feira que seu programa de investimentos é robusto e que o perfil atual de vencimento de sua dívida está bem distribuído e balanceado com a geração de caixa futura, ao comentar o rebaixamento do rating da companhia pela Moody's na noite anterior.

A agência de classificação rebaixou, na quinta-feira, o rating da Petrobras para "Baa1", contra "A3" anteriormente, atribuindo a medida à elevada alavancagem financeira e ao fluxo de caixa negativo da estatal brasileira.

"A maior parte dos financiamentos já contratados este ano tem prazo de vencimento médio igual ou superior a 7 anos, compatível, portanto, com a maturidade dos projetos de investimento e consequente crescimento da geração de caixa da Companhia", disse a Petrobras em comunicado.

A Petrobras disse que "reconhece ser robusto o seu programa de investimento" previsto no plano de negócios 2013/17, de 236,7 bilhões de dólares, e afirmou ainda que fortaleceu a governança, com maior rigor na aprovação de novos projetos.

A empresa ressaltou que a realização deste plano levará a um aumento da produção de petróleo e gás natural para 3,4 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em 2017 e 5,2 milhões de boed em 2020.

A produção de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil em agosto atingiu a média de 2,294 milhões de boed, 0,5 por cento acima do produzido em julho.

Na avaliação do analista Gustavo Gattass, do Banco BTG Pactual, o rebaixamento da classificação da Petrobras pela Moody's tem efeito neutro.

"A Moody's era a única das agências de rating que tinha a Petrobras bem acima do nível do 'investment grade'. Agora ela esta mais em linha com a recomendação das outras agências", disse o banco em relatório a clientes.

As ações da Petrobras abriram a sessão em queda nesta sexta-feira e às 10h54 operavam com baixa de 1,62 por cento, enquanto o Ibovespa recuava 0,3 cento.

(Por Fabíola Gomes)