Obama espera que Congresso aumente o teto da dívida antes do prazo

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 08:17 BRT
 

Por Roberta Rampton

WASHINGTON, 5 Out (Reuters) - O presidente Barack Obama disse que não espera ter que tomar nenhuma medida extraordinária para evitar que os Estados Unidos deem um calote em sua dívida, porque acredita que o Congresso vai aumentar o teto da dívida antes do prazo, no dia 17 de outubro.

"Não espero chegar até esse dia", disse Obama durante uma entrevista para a agência de notícias Associated Press divulgada no sábado.

"O presidente da Câmara dos Deputados, John Boehner, deu pelo menos alguns indícios de que está disposto a garantir que não ocorra o calote", disse.

"E estou muito disposto a apostar que há votos suficientes no Congresso agora para garantir que os EUA não vão acabar se tornando caloteiros", acrescentou.

 
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, faz obsersvações sobre o impasse do financiamento do governo, em Maryland. Obama disse que não espera ter que tomar nenhuma medida extraordinária para evitar que os Estados Unidos deem um calote em sua dívida, porque acredita que o Congresso vai aumentar o teto da dívida antes do prazo, no dia 17 de outubro. 3/10/2013. REUTERS/Jason Reed