Ações asiáticas caem com prolongamento da paralisação do governo dos EUA

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 09:01 BRT
 

Por Dominic Lau

TÓQUIO, 7 Out (Reuters) - As ações asiáticas fecharam pressionadas nesta segunda-feira, com o impasse político em Washington sem sinais de solução. Democratas e republicanos continuavam longe de encerrar a paralisação do governo, sem falar no teto da dívida norte-americana, que precisa ser elevado até 17 de outubro para evitar um default sem precedentes.

O presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, o republicano John Boehner, prometeu não elevar o teto da dívida sem uma "discussão séria" acerca do que está guiando a dívida, enquanto os democratas disseram que é irresponsável levantar a possibilidade de um default.

Os comentários pareceram marcar um endurecimento da postura desde o final da semana passada, quando se noticiou que Boehner teria dito a republicanos confidencialmente de que iria trabalhar para evitar o default, mesmo se isso significasse depender dos votos dos democratas, como ele fez em agosto de 2011.

Às 7h40 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,62 por cento.

O índice japonês Nikkei recuou 1,22 por cento, atingindo mínima em um mês e ampliando a perda de 5 por cento da semana passada --sua maior queda semanal desde o início de agosto.

A bolsa de Xangai ficou fechada por feriado público.