Dólar tem leve queda de 0,11% ante real, de olho em impasse nos EUA

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 20:15 BRT
 

Por Marília Carrera e Bruno Federowski

SÃO PAULO, 7 Out (Reuters) - O dólar fechou esta segunda-feira com leve queda ante o real sob a perspectiva de investidores de que o impasse orçamentário nos Estados Unidos possa levar o Federal Reserve, banco central norte-americano, a estender o estímulo monetário para compensar a queda súbita nos gastos públicos.

A disputa entre democratas e republicanos prolonga a paralisação parcial do governo dos EUA e deixa os investidores preocupados, uma vez que também pode contaminar as negociações sobre o aumento teto da dívida norte-americana.

O dólar recuou 0,11 por cento, para 2,2086 reais na venda. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro estava em torno de 1,06 bilhão de dólares.

"O mercado todo está de olho nos Estados Unidos, nessa briga. Com esse clima, é normal o dólar cair", disse o operador de uma corretora internacional.

Diante da disputa política nos Estados Unidos, o mercado está temeroso que a atividade da maior economia do mundo possa sofrer e levar o Fed a manter seu programa de 85 bilhões de dólares mensais em ativos, o que manteria a liquidez nos mercados financeiros.

O secretário do Tesouro, Jack Lew, já afirmou que os EUA vão esgotar sua capacidade de empréstimo em até no máximo 17 de outubro, data em que terá apenas cerca de 30 bilhões de dólares na mão.

Nesta segunda-feira, o presidente dos EUA, Barack Obama, ressaltou a perda de serviços públicos devido à paralisação do governo e cobrou do Congresso a reabertura imediata e a elevação do teto da dívida.

"A semana deve ser especialmente volátil enquanto os investidores aguardam o noticiário norte-americano", afirmaram analistas da Lerosa Investimentos em relatório.

Ainda nesta segunda-feira, o Banco Central realizou mais uma etapa do programa de intervenções diárias, com a venda dos 10 mil contratos ofertados de swap cambial tradicional --equivalentes a venda futura de dólares-- com vencimento em 5 de março de 2014, em operação com volume de 497,8 milhões de dólares.

O BC anunciou para terça-feira a próxima intervenção, ofertando entre 9h30 e 9h40 10 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em 5 de março de 2014. O resultado será conhecido a partir das 9h50, informou o BC.