Dólar cai 0,14% ante real, à espera de novidades sobre impasse nos EUA

terça-feira, 8 de outubro de 2013 20:55 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 8 Out (Reuters) - O dólar fechou esta terça-feira com leve queda ante o real, com investidores aguardando novos desdobramentos sobre o impasse político nos Estados Unidos, que fez a paralisação do governo norte-americano entrar na segunda semana e coloca em risco o aumento do teto da dívida do país.

A moeda dos EUA recuou 0,14 por cento, para 2,2055 reais na venda. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,6 bilhão de dólares.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um apelo nesta terça-feira para que o presidente da Câmara dos Deputados do país, John Boehner, coloque em votação o fim da paralisação do governo e a elevação do teto nacional da dívida, alegando que os credores internacionais olham para o Congresso na expectativa de que reafirmem a qualidade de crédito do país.

"A única explicação razoável para a atual tranquilidade dos mercados de câmbio é a expectativa de que os problemas serão resolvidos no último minuto", escreveram analistas do Commerzbank em relatório.

A expectativa de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, alongue o programa de compra de títulos para compensar o possível impacto econômico da paralisação do governo dos EUA tem diminuído a pressão de fortalecimento do dólar ante o real. Atualmente, o Fed injeta 85 bilhões de dólares ao mês na economia e, caso esse cenário se confirme, a oferta global de dólares continuará crescendo, aumentando a liquidez internacional.

Analistas ressaltaram ainda que o movimento da divisa norte-americana tende a ser limitado por conta da forte atuação do Banco Central brasileiro, na medida em que as cotações flutuam perto do nível de 2,20 reais, considerado por parte do mercado como um possível piso informal.

"Esse nível de 2,20 (reais) parece estar se configurando como um piso. É difícil o dólar passar muito disso", disse o operador de um banco nacional.

Nesta terça-feira, o BC realizou mais um leilão de swap cambial tradicional --equivalentes à venda futura de dólares-- previsto em seu cronograma de intervenções, com a venda dos 10 mil contratos ofertados com vencimento em 5 de março de 2014. O volume financeiro equivalente da operação foi de 497,7 milhões de dólares.

A autoridade monetária anunciou ainda para quarta-feira a próxima intervenção, ofertando entre 9h30 e 9h40 10 mil contratos de swap cambial tradicional também com vencimento em 5 de março de 2014. O resultado será conhecido a partir das 9h50, informou o BC.