Moody's reduz nota da Telecom Italia para patamar especulativo

quarta-feira, 9 de outubro de 2013 07:50 BRT
 

MILÃO, 8 Out (Reuters) - A nota de crédito da empresa de telefonia italiana Telecom Italia foi reduzida de Baa3 para Ba1 pela Moody's, informou a agência nesta terça-feira, acrescentando que o rating da empresa altamente endividada passou ao patamar especulativo por não ter conseguido fortalecer seu balanço patrimonial.

A decisão significa que a Telecom Italia perdeu seu status de grau de investimento, o que encarece os empréstimos a serem tomados pela empresa.

"Estamos reduzindo as notas da Telecom Italia primeiramente por causa da recente saída do CEO, o que aumentou as incertezas em relação à capacidade da companhia de fortalecer seu balanço patrimonial de forma suficiente para mitigar a tendência de queda de suas receitas domésticas e Ebitda", disse Carlos Winzer, vice-presidente sênior e analista líder da Moody's para a Telecom Italia.

A Standard and Poor's já havia colocado a empresa em perspectiva negativa para uma possível redução da nota para o patamar especulativo na segunda-feira.

A Telecom Italia, afetada por uma dívida líquida de aproximadamente 29 bilhões de euros e uma profunda recessão na Itália, disse na semana passada que seu presidente-executivo, Franco Bernabè, deixou o cargo.

Bernabè saiu depois de não conseguir apoio entre os principais acionistas da empresa liderados pela espanhola Telefónica, para seu plano de um amplo aumento de capital.

A empresa deverá lançar um novo plano de negócios em 7 de novembro.

(Por Jennifer Clark)