China quer triplicar nível mínimo de capital para bancos estrangeiros, diz jornal

quarta-feira, 9 de outubro de 2013 09:32 BRT
 

XANGAI, 9 Out (Reuters) - O regulador bancário da China planeja mais que triplicar as exigências mínimas de capital para novos bancos de controle totalmente estrangeiro e bancos joint-ventures, disse um jornal estatal nesta quarta-feira.

O jornal Shangai Securities News disse que a Comissão Reguladora e Bancária da China, em uma tentativa de reduzir risco de governança, pretende elevar a exigência mínima de capital para novos empreendimentos para 1 bilhão de iuanes (163,370 milhões de dólares), ante os atuais 300 milhões de iuanes.

Reguladores chineses têm tornado mais rigorosas as regras para os bancos estrangeiros se instalarem no país. Em agosto, eles apresentaram planos para elevar a adequação de requisitos de capital e impor regras mais rigorosas sobre o investimento estrangeiro.

O jornal disse que a comissão, que está buscando comentários públicos sobre o seu plano, pretende expandir o escopo de atividades permitidas para os bancos estrangeiros para incluir empréstimos denominados em iuanes, produtos de gestão de fortuna por meio de investimentos no exterior e negócios de cartão de crédito.

(Por Fayen Wong e Ruby Lian)