Ibovespa sobe 0,45%, impulsionado por bancos, construtoras e TIM

quarta-feira, 9 de outubro de 2013 20:29 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO, 9 Out (Reuters) - O principal índice da Bovespa encerrou em alta esta quarta-feira, impulsionado por ações de bancos, construtoras e da TIM Participações, e também acompanhando a trajetória das bolsas dos Estados Unidos.

O Ibovespa subiu 0,45 por cento, a 52.547 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 6,16 bilhões de reais.

"O mercado está acompanhando Nova York na tendência. Por aqui, construção civil e consumo sobem bem, e isso indica que há ingresso de capital externo", afirmou o analista sênior do BB Investimentos Hamilton Alves.

Segundo ele, o fato do índice norte-americano Dow Jones ter encostado após quedas recentes no patamar dos 14.700 pontos, forte suporte formado em agosto, motivou um repique nesta quarta, que contagiou a bolsa brasileira.

O Dow Jones fechou em alta de 0,18 por cento, enquanto o S&P 500 ficou teve variação positiva de 0,06 por cento.

Apesar do clima pesado por conta da falta de progresso nas negociações sobre o impasse fiscal nos EUA, ajudou a animar investidores a indicação de Janet Yellen para chairwoman do Federal Reserve, banco central norte-americano, por parte do presidente Barack Obama.

Uma das articuladoras da terceira rodada do programa de estímulos monetários da instituição, Yellen é considerada favorável à manutenção do plano, que tem ajudado a sustentar os fluxos de capital para mercados emergentes.

"A decisão de indicar a Yellen sugere uma política expansionista durante um bom tempo", afirmou o economista André Perfeito, da Gradual Investimentos. Yellen ainda precisa ser confirmada no cargo pelo Senado dos EUA.   Continuação...